Desejo

|


Estou lhe convidando a entrar no meu mundo.
Me vire do avesso, chegue até o fundo.
Leve tudo o que puder carregar.
Não se preocupe. Não estará me espoliando.
Tudo que for, renascerá.
Não pense em utilidades, conveniências, convenções.
Não deseje nem me ofereça retribuições.
Não me faça feliz. Não faça sexo. Não faça amor.
Faça verdade. Faça de verdade. Seja o que for.
Percorra minhas curvas, caminhe à beira dos meus abismos.
Não socorra náufragos, não construa pontes em precipícios.
Seja corajoso e esqueça os heroísmos.
Tire a armadura, baixe a guarda. Arregace o peito, mostre a alma.
Não pense em parar o tempo, nem romper com o mundo lá fora.
Não fique aí imaginando o que eu espero.
Eu não espero. Eu quero.
Quero que seja aqui. Quero que seja agora.

18 comentários:

Marcelo Mayer disse...

o mundo de todo mundo anda muito sem graça

Izzy T. disse...

As vezes você escreve no momento exato que estou sentindo, como uma sintonia, chego aqui e me deparo com algo que estou sentindo, pensando, querendo e esperando a algum tempo.
Um vazio ficou nesses últimos dias, o fim de mais uma relação e aquela pergunta do "será que o problema sou eu?"
Mas dessa vez percebi que não, não sou eu...
Essa poesia me fez entender esse lado do querer o simples, o real, nada de ilusão, nada de fantasias, heróis em cavalos brancos, guerras por amor.Cheguei naquela hora que desejo o que satisfaz o momento, sem artificios, sem medos tolos pelo futuro, planejamentos, esperas infinitas.
Eu quero esse viver, essa vontade, quero rir, mudar minha temática, recomeçar.
Saudade das nossas longas filosofias!
Beijos...

Mai disse...

Parece que a humanidade está querendo mais e não sabe dizer. E você disse, de modo imperativo, Faça-se o desejo ao desejo. simples assim...Um~chega de tédio!
Quero viver!
beijos, querida.

tossan disse...

É essa a Dani que eu mais gosto de ler e daqui longe sentir o seu avesso aqui e agora com Norah Jones. Beijo

Fred Matos disse...

Ótimo texto, Dani, e muito boa a escolha da Norah Jones.
Ótima semana.
Beijos

Ana Carvalho disse...

é melhor acordar arrependida do que dormir com vontade.

;)

Caurosa disse...

Olá minha cara amiga Dani Pedroza, que os nossos desejos fluiam intensamente com prazer e alegria sempre, que bela postagem! Adora o Norah Jones, muito bom gosto.

Paz e harmonia em sua semana,

forte abraço

C@urosa

J. disse...

Nada como ser decidida! Lindeza!
Beijo.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Dani,

Fiquei pensando assim que li essa parte:

"Faça verdade. Faça de verdade. Seja o que for."

Como é difícil, hoje em dia, alcançar essa verdade em algumas pessoas. Tudo anda tão mecanizado, tão sem sentimento, que quando algo de bom acontece parece que foi interpretado. Suas palavras sempre seduzem o nosso querer bem por ti. Você é linda, menina do meu coração.

Beijo bem grandão.

Rebeca


-

Késia Maximiano disse...

É assim qd o coração tem urgência...
Beijão!

Ana Karenina disse...

olá querida

o poema "desejo" pra mim parece dizer: "desarme-se e me descubra", "não me defina, me sinta". é tudo que esperamos das pessoas, que se preocupem menos com os porquês e vivam com intensidade os belos momentos.

entendo muito pouco os poemas, mas este é lindo, este eu entendi porque tem todo o simbolismo das coisas que acredito atualmente.

por ironia do destino pensamos as mesmas coisas e vivemos de formas diferentes, somos diferentes e iguais, muito louco isso, rs

adoro você poetando!!!

bjs querida.

Le Vautour disse...

Arrepiei até a alma. Você quer nos matar de emoção, não é isso?
Liiindoooo!

*Carol Carolina* disse...

o que será que esperam de nós?
e, quem são esses "nós"?

relações andam complexas, e pouco lúcidas.

mto bom esse texto.
serviu cada linha.

beijos

Kaká Bullon disse...

Uau.

Minha impressão digital de hoje, vem do lado de lá da fronteira. Um momento bem "tô vivendo isso tbm" esse texto. Só que esta oferta eu recebi, não fiz. E veja você que é bem difícil também estar do outro lado. Se por ora a gente entende, e pasme boquiaberta diante de tanta sede de sentir... do outro a gente trava de tanto não saber como agir. Se dar sob medida é às vezes tortura. E muitas vezes difícil de acertar o ponto...

Mas o mundo sempre gira, e belo dia é a gente que quer dar tudo o que não tem, pra alguém que queira tudo o que não pode querer. E é tão bom.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Dani, bela canção...belo post...Espwectacular....
Nota: fico seguindo o seu blog....
Beijos

O Santo Forte disse...

RETA FINAL DA CAMPANHA DA UMA OLHADA LÁ...

Unseen Rajasthan disse...

Beautiful post !! Thanks for sharing !!

paula barros disse...

Tão intenso feito me parece que és. Forte, verdadeiro, direto.

beijo