PAPELe

|


O poeta pinta o mundo com as cores dos seus devaneios. Transforma a sua arte na veste que esquenta, protege e acalenta a alma da mulher. O poeta sabe dela, das suas angústias, melhor do que ela mesma poderia explicar. Ele penetra profundamente nas cavidades mais obscuras do espírito mundano e vadio da mulher. O poeta já a enlaçou tantas e tantas vezes com seus rabiscos despudorados que ela já não sabe mais quando tudo isso começou. Mas a mulher não é poeta. Ela é prosa. Prosa de seus encantos tanto quanto dos seus equívocos. A mulher não encontrará o poeta no paraíso de sua criação. Ela tem um coração vagabundo e os pés plantados no chão. A mulher não sonha como o poeta. Ela deseja o poeta. A mulher deseja que ele use o corpo dela pra riscar um soneto-encontro. Pele de papel, tinta rubra, vinho tinto. Ela quer ser despida literalmente. Literatura de alcova. A mulher quer ver o poeta se perdendo nas curvas do seu corpo, se encontrando na direção de seu desejo. Desejo. Ela deseja. Ele poema. Eles, rabiscos errantes numa linha. Linhas paralelas esperando o ponto de intersecção ou o ponto final.

7 comentários:

Mai disse...

Quem sabe escrevendo sobre a pele...
O poeta riscasse um fósforo e assim deixasse o papel (mulher) a arder...
Teu texto entoa um canto, Dani.
Xamã.

beijos e boas energias.
Fica bem.



P.S.

Eu li 'Fugaz' e compreendo. Deixa fluir...

Mário Liz disse...

o vinho amacia a verdade

com minha carne que ama o cio

como meu verso que ama a sua prosa

como a loucura que anuncio

tossan disse...

A mulher não é poeta ela é prosa mas também é poesia. Ela é um prato gostoso para o poeta se esbaldar. Beijo moça

in natura disse...

Sinto poesia pura no seu texto. Você é mulher, poesia e prosa. Beijuss

Ana Clara Otoni disse...

Tava com saudade dos seus textos!

Renata de Aragão Lopes disse...

"A mulher não sonha como o poeta.
Ela deseja o poeta.
A mulher deseja
que ele use o corpo dela
pra riscar um soneto-encontro."

Belíssimo texto,
este trecho em especial!

Homens e mulheres,
em suas linhas paralelas,
a buscarem uma possível interseção.

Beijo,
Doce de Lira

Candy disse...

Deixa eu falar qa primeira coisa que pensei: Don Juan
o_O
*o texto foi sexy! uiii

:***