A ressaca e seus desdobramentos existenciais

|
- Que cara é essa?

- Ressaca.

- Ih, nem me fale. No sábado passado, acordei numa ressaca atroz, olhei pro homem que dormia a meu lado e tive que perguntar: "Quem é você?". Imagine que situação deprimente.

- Deprimente foi a situação que vivi hoje. Acordei numa ressaca atroz, olhei pra mim mesma e tive que perguntar: "Quem é você?".

4 comentários:

Léo Mandoki, Jr. disse...

qmd isso acontece cmg, eu exercito o meu otimismo. Me concentro diante do espelho e digo assim:
«Amanhã será um dia diferente»
Lavo o rosto, faço a barba, tomo um banho quente de meia hora e, por milagre, me transformo em outro.
Depois de me enxugar, vou ate à sala e me sirvo uma dose de whisky pra comemorar o meu visual depois do banho
ehehehehehheeheheh
beijossss

Melia Azedarach L. disse...

Eu não nego, dei risada...uma risadinha irônica de cantinho de boca, daquelas que você imagina "poxa eu sei do que se trata, sei até demais".
Ainda sim, eu te convido para minha Terra de Ninguém, vamos nós, sem malas, sem mapas, perder o rumo que nunca tivemos.

Estou numa fase de "eu, eu mesma e meu alterego"

E continuarei com as postagens que vc tanto gosta, minha leitora fiel.

Beijos!

Léo Mandoki, Jr. disse...

Bob Dylan é bom né?? eu tbm adoro aquela música e achei que tinha tudo a ver com a história...

filósofo de araque disse...

As coisas aos poucos vão se acertando. Não posso dizer que daqui a pouco vai ficar tudo bem, tudo resolvido. Nós dois sabemos que não vai mas uma coisa é certa os problemas serão outros, as alegrias também. Mulheres como você sempre atraem esse tipo de coisa. É aquela velha história de pagar o preço de ser quem se é, a gente já falou tanto sobre isso. Sei que às vezes cansa, que há momentos em que tudo que você quer é ficar em paz. Mas desconfio que você não sobreviveria a esse sossego que deseja. De qualquer forma vou ser bem sádico e dizer que você fica ainda mais interessante quando está no meio dessas fases conturbadas.