Viver de amor ou viver de verdade?

|
Se eu soubesse o que quero eu falaria
Talvez isso te deixasse feliz
Se eu soubesse o que quero eu buscaria
Talvez isso te fizesse sofrer

Portanto, meu bem, precisas decidir
É melhor deixar tudo como está e viver em paz
Ou abrir gavetas, escancarar janelas
E deixar a luz e o vento brincarem entre nós?

Pense bem antes de responder
Vai mesmo pagar pra ver?
A luz traz vida, verdade e até calor
Mas também deixa tudo à mostra sem pudor

O vento pode ser brisa suave e te fazer sorrir
Tocar tua pele, causar arrepio e te fazer amar
Mas pode ser ventania, tirar os móveis do lugar
Você estará preparado se tudo mudar?

Aí está o dilema e ele é mais teu do que meu
Se quiseres podemos continuar sonhando por toda a eternidade
Mas posso abrir todas as gavetas e janelas
Se estiveres pronto para viver "de verdade".

1 comentários:

tossan disse...

Estou degustando um pouquinho aqui e alí... Estou encontrando poemas e textos lindos.Eu também te gosto! Beijão
*
Vale a pena
que te mostre
o meu interior,
o meu verde,
o meu lado cristalino,
que te abrace,
que te beije
a boca e explore
o teu corpo
neste amor
sem vergonha...
(tossan)