A menina que só vê céu

|
A menina que só vê céu
Muda as rimas dos poemas alheios
Por nunca saber como começar

A menina que só vê céu
Constrói castelos de areia
E nem tem onde morar

A menina que só vê céu
Planeja soluções pra guerra do Iraque
Chora as dores de desconhecidos
Mas, à pouca distância, não consegue enxergar

A menina que só vê céu
Viaja na imensidão, caminha entre estrelas
E tropeça aqui na terra
Flutua porque não sabe andar

P.S.: Está vendo só? O passado não é só o que ficou pra trás, tapado, acabado, perdido. O passado também é amigo, paciente, solidário e até generoso. No passado moram meninas que só viam o céu... Pois é, Sr. Passado, já que a maioria dessas imagens foi vc quem criou, esse poderia bem se chamar Soneto do Passado... rs.

6 comentários:

mundo a fora disse...

gostei da conversa com o passado, bem q ele poderia demorar um pouco mais a existir em nossas vidas né?
acho a vida tão curta. adorei!

sucesso!

Ana Karenina disse...

olá
poesia? não entendo, prefiro comentar a prosa, rs bjs

danisita disse...

o passado me assombra :s
kkk

A menina que só vê céu
Viaja na imensidão, caminha entre estrelas
E tropeça aqui na terra
Flutua porque não sabe andar



amei essa parte *-*

Melia Azedarach L. disse...

Eu que só vejo animal em nuvem...Eu que só sonho com você.
E meu passado que é tão grande, tão tenro, tão cheio de detalhe.
Eu que me perdi de tanto sonhar com céu...

Adorei a poesia!
Acabei de acordar, um pouco cansada ainda, um pouco (ou muito eu diria) pensativa.
Dificuldade para simplesmente me expressar.

Dominho chuvoso, gosto de nostalgia, aroma de livros, café bem quente e saudade.

Quanta saudade eu sinto de tanta coisa!

E querida, compartilhar "suas, nossas", neuras é uma das melhores coisas que me aconteceu.
Gosto de acreditar que ainda me resta sorte, que ainda consigo reter em mim coisas boas, momentos bons e claro conhecer pessoas únicas (piegas mesmo).
E já cansei de dizer que você não é patética e se o for, então eu sou duplamente patética rsrs.

Um beijão enorme e bom domingo!

La Critique disse...

"passado não é só o que ficou pra trás, tapado, acabado, perdido. O passado também é amigo, paciente, solidário e até generoso."

Você acabou com minha visão do pasasdo... Estou começando a aceitar o passado com mais simpatia agora, suas impressões mais uma vez mudam o mundo!

haha

abraçãoo

adorei a parte que ela quis acabar com a guerra no iraque!

adorei sua poesiaa

Passado disse...

Muito bem, muito bem, muito bem...

(suspiro)

Esse tal passado... :)
Disse-me uma vez que gosta de trocadilhos; entendo por entrelinhas; entendo pelo que faz entender. Minhas tentativas se tornam mínimas perto do que escreveu. Mas, pra ser verdadeiro, nem é isso que me instiga. É a parte da menina que só vê céu...

Longe da Intenet todo o final de semana. Injustiça... E hoje, tento a quebra de seu recorde, 13 horas de trabalho sem previsão para término. O endereço do blog me vinha ao pensamento todo o tempo. Que esperem do lado de fora da minha sala. Agora não...

Talvez você encontre o passado hoje ainda, como sobrevivente, se a Internet de lá assim o permitir.

Tenha uma boa noite, Dona Fiona...
Beijos.