Próximo Passo

|

(continuação do post anterior)



- Achei que você ligaria ontem.

- Você sempre atende o telefone assim. Não diz alô? Não pergunta quem está falando?

- Eu sei quem está falando. Estou esperando sua ligação desde ontem. Acabou de ler o livro?

- Ainda não.

- Onde ele está agora?

- Quem?

- O livro.

- Nas minhas mãos.

- Você se convenceu de que ele vai continuar aí, a sua disposição?

- No fundo é só uma queda de braço, não? Foi por isso que foi embora daquele jeito?

- Não é uma disputa. Mas não nego que tem a ver com escolha, com a sua escolha. Chega a ser uma metáfora. O livro e a revista. A segurança e o desconhecido.

- E sua saída triunfal foi planejada pra compor esse cenário?

- Não. Fui embora porque me convenci de que não adiantaria forçar a barra. Eu te disse o que eu queria, era só até onde você me deixaria ir naquele momento. O jeito era esperar você dar o próximo passo. Agora me diz você. O que você quer?

- Sexo.

- O quê?

- Sexo. É o que eu quero.

- Agora?

- Agora.

Ele desligou, mas não soltou o telefone. Será que ela estava brincando? Ela viria mesmo? Ela disse que estava a caminho. Agora era ele quem estava lidando com o desconhecido. Havia realmente sido pego de surpresa.

Quando deixou anotados seu nome e telefone, ele sabia que ela ligaria. Por curiosidade, por orgulho. Ele acertou. Ele podia prever como ela reagiria. E pelo tom de desconforto dela, ele estava acertando até aquele momento. Ele conhecia aquele tipo de mulher. Tudo estava sob controle. Até a resposta que mudou tudo. Quando perguntou o que ela queria, mais uma vez antecipou a resposta que ela daria. Dessa vez errou. Ela o havia surpreendido pela primeira vez. E agora ele estava ali, no meio da sala, surpreso, ansioso, excitado, à espera daquela mulher que ele pensara (equivocadamente) ser um livro aberto.

7 comentários:

Leo Mandoki, Jr. disse...

ah, menininha!! me fala que esta historia ainda não acabou vai!! Ela deu um passo maior do que a perna...e agora estou pagando pra ver o q é q ela vai fazer. Sexo? Talvez desista. Nõa de ir a casa dele. Mas sim do sexo. Agora sim, foi um passo maior q a perna. Já estou ansioso para a continuação.
um beijo grande. Penso em vc de forma mto carinhosa.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Esse diálogo sempre acaba no que sempre tem que começar...

Adorei!

Beijo grande, menina linda.

Rebeca

-

Anônimo disse...

....pra um bom entendedor, meia palavra basta!
bj poeta

Cadinho RoCo disse...

É pelas surpresas que desbravamos o desconhecido.
E foi ao encontro do que manifestou querer?
Cadinho RoCo

Princesa disse...

Um sorriso nada custa,
Mas vale muito e enriquece...

Dura apenas um instante,
Mas pode, na lembrança,
Durar a eternidade....


Estou esperando um sorriso seu!
um beijo

paula barros disse...

Se ninguém é um livro aberto, muito menos uma mulher. E inteligente, é um livro a ser lido e relido, muito bem manuseado.


Uma vez agi parecido, vou só ligar, vou só beijar, vou só ....durou cinco anos a leitura dos livros. rsrsrs


Muito bom, e espero que continue, estou gostando.

Kari disse...

E ela foi?

Continua vai...

Beijo