Mensagem

|
Comprei Mensagem, do Pessoa, numa viagem no ano retrasado, mas ainda não tinha aberto. Poesia, pra mim, não é algo que se leia no carro, no meio de um dia de trabalho, às pressas. Há que se ter uma certa calma pra perceber e degustar certas coisas. Enfim, desde semana passada, tenho dividido minha cama com essa Pessoa e isso tem me dado um enorme prazer. Alguns poemas do livro ainda postarei aqui, falam com muita propriedade sobre coisas que eu penso, sinto. Mas, devido a minha enorme simpatia pela fuga do óbvio, hoje vou postar Fernando Pessoa "proseando". Achei a epígrafe do livro bem interessante e tem muito a ver com a relação entre as postagens e os comentários (e as postagens seguintes e os comentários seguintes e as postagens... e assim sucessivamente, numa cadeia que nenhum de nós sabe até onde vai).

Nota Preliminar do Livro Mensagem (Fernando Pessoa)

O entendimento dos símbolos e dos rituais (simbólicos) exige do intérprete que possua cinco qualidades ou condições, sem as quais os símbolos serão para ele mortos, e ele um morto para eles.

A primeira é a simpatia; não direi a primeira em tempo, mas a primeira conforme vou citando, e cito por graus de simplicidade. Tem o intérprete que sentir simpatia pelo símbolo que se propõe interpretar. A atitude cauta, a irônica, a deslocada - todas elas privam o intérprete da primeira condição para poder interpretar.

A segunda é a intuição. A simpatia pode auxiliá-la, se ela existe, porém não criá-la. Por intuição se entende aquela espécie de entendimento com que se sente o que está além do símbolo, sem que se veja.

A terceira é a inteligência. A inteligência analisa, decompõe, reconstrói noutro nível o símbolo; tem, porém, que fazê-lo depois que, no fundo, é tudo o mesmo. Não direi erudição, como poderia no exame dos símbolos, é o de relacionar no alto o que está de acordo com a relação que está embaixo. Não poderá fazer isto se a simpatia não tiver lembrado essa relação, se a intuição a não estiver estabelecido. Então a inteligência, de discursiva que naturalmente é, se tornará analógica, e o símbolo poderá ser interpretado.

A quarta é a compreensão, entendendo por esta palavra o conhecimento de outras matérias, que permitam que o símbolo seja iluminado por várias luzes, relacionado com vários outros símbolos, pois que, no fundo, é tudo o mesmo. Não direi erudição, como poderia ter dito, pois a erudição é uma soma; nem direi cultura, pois a cultura é uma síntese; e a compreensão é uma vida. Assim certos símbolos não podem ser bem entendidos se não houver antes, ou no mesmo tempo, o entendimento de símbolos diferentes.

A quinta é menos definível. Direi talvez, falando a uns, que é a graça, falando a outros, que a mão do Superior Incógnito, falando a terceiros, que é o Conhecimento e Conversação do Santo Anjo da Guarda, entendendo cada uma destas coisas, que são a mesma da maneira como as entendem aqueles que delas usam, falando ou escrevendo.

10 comentários:

Kari disse...

Me lembrou um pouco as aulas de Língua Portuguêsa lá da faculdade... Quando a professora falava dos símbolos, e de como cada um pode interpretá-los...

Ei moça, não deixa de postar alguns poemas pra gente em...

Beijãooo

tossan® disse...

Gosto de você porque foge da mesmice. Saudade de ler você e em você. Vi um poema teu que gosto muito lá num blog novo de homenagens aos poetas
http//goldinnatura.blogspot.com

Beijo

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Símbolo, significante, signo só provam que a linguagem é a que une de fato todos os relatos!

até mais.


Jota Cê

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Passo aqui pra deixar um beijo na menina mais querida do meu coração.

Você é linda, Dani.

Rebeca


-

in natura disse...

Eu li aquele texto nos Amigos que o Tossan editou exatamente assim.
Fiquei com vontade de editar porque achei algo diferente e sublime. Desculpas por não pedir a você. Este é maravilhoso também. Bejuss

Stéphanie Lopes disse...

Nha nem importa se demorou amore
o importante é q vc passou la
hahaha

fico feliz

Bjs

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

INSCRIÇÕES PARA BLOGAGEM COLETIVA ENCERRADAS



Aviso sobre o sorteio do NOVO ORKUT:



Acabamos de receber os convites do novo orkut e só vieram 5. Não sabemos se o orkut vai liberar mais convites, mas esperamos a compreensão de todos. Caso o orkut não libere até o dia da blogagem, o restante dos ganhadores irão receber um presente por sedex. Confiam no meu bom gosto? Infelizmente o orkut não nos deixou honrar os 10 convites, mas daremos 5 Bíblias Sagradas, já que estamos perto do natal. O sorteio vai ser pelo site Random. Os 5 primeiros serão ganhadores do convite do novo orkut.

E depois faremos mais 5 sorteios que receberão via sedex o nosso carinho.


-------------


Aviso sobre a BLOGAGEM COLETIVA:


Nós vamos colocar um sistema de votação onde todos os participantes serão incluídos. Não nos achamos no direito de escolher nenhum conto ou texto. Até porque todos nós, que amamos a palavra, sabemos que cada um tem sua magia. Então Jota Cê e eu vamos colocar do lado direito uma votação. Os 10 textos mais bem votados receberão o layout ou o scrapbooking digital que será feito pela Lelinha da Fábrica de Layouts.

-------------

Se eu pudesse, eu juro, daria um abraço com cheiro de Néctar da Flor, bem forte, em todos vocês...


Beijos jogados no ar, sempre!


-

Mário Liz disse...

salve a gênese do pensamento! o meio do pensamento (e apenas estes, pois eles não tem fim). as pessoas se vão e os pensamentos ficam e se elidem n'outros pensamentos (dando um "olé" na efemeridade).

é sempre tão divertido e intenso degustar as impressões acerca do que se expõe.

a alma é sempre única, muito embora este singularismo não signifique unicidade.

cada olho tem seu foco e queima à medida que o pensamento se decompõe.

eu, Mário, Mário Liz, Marinho, Mário Poeta, Satanás e todos tantos Mários que as pessoas enxergam em mim, gostam de passar por aqui pela certeza de encontrar em cada linha escrita uma inquietação que já sentiram.

é lindo saber que não há constância em nada ...


bjus

Andre Martin disse...



Qualquer mensagem, em termos de comunicação, implica no emissor, que a codifica, transmite pelo meio, e do outro lado, depois de decodificada o receptor passa a interpretar a mensagem.

Talvez não com esse entendimento, mas tudo se passa assim.

E nem sempre a idéia, pensamento, sentimento de quem quer dizer alguma coisa é percebida pelo interlocutor da mesma maneira, seja pela interferência do meio (ruídos, caligrafia, etc), seja pelos padrões de codificação e decodificação (linguagem, educação, princípios, tradição, etc), ou mesmo pela essência da mensagem que pode não querer dizer nada do que o outro queira ouvir.

Daí entram os quatro elementos citados por Pessoa: simpatia, intuição, inteligência e conhecimento. Concordo com todos. Aliás, eu diria empatia, que pode tender para simpatia ou antipatia.

Hehehe... A QUINTA "dimensão" ficou meio no ar pra mim...


Obrigado pela visita e comentário deixado lá no Fama inFame. Também acho ótimo que possamos conhecer todos os lados das pessoas. Divague sempre que quiser, será bem vinda entre reflexões sérias e inflexões infames